2.13.2013

conversa 1993

(ao telefone)

Ela - Só para te dizer que não podemos tomar café. Estou com uma gripe fortíssima. Hoje até já me sinto melhor, mas tenho medo de te contagiar...
Eu - Okay. Obrigado por avisares.
Ela - Okay?!
Eu - Sim. Nesse caso o café fica desmarcado, não é?
Ela - Estou fechada em casa, de molho, há uma semana. Apetece-me tanto sair...
Eu - Então e o contágio?
Ela - Eu levo um lenço para pôr à frente da boca quando espirrar.
Eu - Então sempre queres tomar café?
Ela - Sim.

11 comentários:

Carmo disse...

As tuas amigas são mesmo complicadas, eu como mulher não me revejo de todo.

:)

O Fulano disse...

O clássico "digo-que-não-para-tu-insistires-que-sim". ;)

Quase nos "entas" disse...

AHHAHAHHHA
o pah...somos demais :))

é a teoria do contra...
ehhehe
jinhus

Bagaço Amarelo disse...

carmo, ainda bem. :)

o fulano, os homens é mais "agarra-me senão eu mato-o". :)

quase nos "entas", quero contagiar-te mas sem responsabilidade. é mais ou menos isso. :)

João de Matos disse...

Nós dois devemos ser de outro planeta! Quando as mulheres não se revem nesta conversa, e que eu acho que está tão direta e verdadeira!

redonda disse...

:) Eu fugia, dizia-lhe que queria muito tomar um café como ela, mas tinha acabado de me lembrar de um compromisso inadiável e iamos ter de marcar outro dia, quando ela estivesse melhor...(estou a brincar, por um(a) grande amigo(a) ia na mesma, ainda que ele(a) não levasse lenço :)

Bagaço Amarelo disse...

joão de matos, há planetas de géneros. :)

redonda, eu odeio gripes, como toda a gente, mas lá fui... :)

Miss B disse...

o fulano percebe disto...concordo com o k disse

Bagaço Amarelo disse...

miss b, :)

Joana disse...

As mulheres são mesmo demais! :D

Bagaço Amarelo disse...

joana, pois são... :)