10.04.2006

mulheres artistas que não compreendo (7)



Katsue Sakuma

Foi para uma escola profissional de fotografia aos 47 anos de idade, depois de 24 anos como dona de casa. A morte do seu pai, de quem tomou conta ano e meio, passou a querer fazer mais alguma coisa da sua vida. Nesta sua nova vida foi sempre apoiada pelos filhos,mas nem por isso pelo marido, que preferia que ela tirasse um curso de arranjos florais. Lembro que o Japão é um país tradicionalmente machista, onde as mulheres deixam praticamente de existir socialmente após o casamento.
Desde então tem tido, com justiça, algum sucesso com o seu trabalho. Desde que a conheci que, sempre que um amigo meu qualquer, da minha geração (estou com 35 aninhos), me diz que se sente velho, penso nela. Devo-lhe isso, a Katsue Sakuma, e embora não a conheça pessoalmente, gostava de conhecer, nem que fosse só para tomar um café e não conseguir compreendê-la.

Site pessoal

2 comentários:

Anónimo disse...

Isso de alguém com 35 anos se sentir velho é um insulto:))
Meu Jovem Amigo aproveite a vida. Ainda terás muito tempo para te sentires velho.
Não tens Avós? Tenta ver~te atrvés dos olhos deles e verás que és um puto (sem ofensa):))
Beijinhos

bagaco amarelo disse...

obrigado mfba. eu não me sinto velho. sinto-me novo, até. :)