3.10.2015

inútil declaração de Amor

É uma merda que as pessoas se cansem de fazer declarações de Amor. Quando nos apaixonamos, não fazemos outra coisa senão falar de Amor, mas depois cansamo-nos e habituamo-nos à coisa. Começamos a dar ao Amor a mesma importância que damos às compras: é uma coisa que se faz porque se tem que fazer. Repito: isso é uma merda.
Volto ao princípio para me explicar melhor. O Amor tem que ser uma causa, daquelas pelas quais lutamos com todas as nossas forças. Não podemos aceitar que estar apaixonado seja a mesma coisa que estar na fila para o pão, ou seja, que o Amor se transforme numa variável útil da nossa vida, daquelas que só temos porque dá jeito ter.
O melhor Amor é aquele que não dá jeito nenhum. É o Amor inútil. Só existe pela mesmíssima razão que o Big Bang se deu. É a explosão que nos permite viver. Tirando essa razão para viver, não nos dá mais nada, a não ser sexo.
Ninguém devia responder "mais ou menos" quando lhe perguntam como está de Amor. Estar mais ou menos é a mesma coisa que estar mal, ou pior, é ainda mais vazio, mais cheio de nada. É só por isso que hoje, mais de seis anos depois de te ter conhecido, me apetece dizer publicamente que te Amo inutilmente.

13 comentários:

Be disse...

Li este texto e senti que se calhar estou na fila do pão... :(

csa disse...

Grande Ivar :) É mesmo assim!!!

Bagaço Amarelo disse...

be, é bom podermos tomar opções. :)

csa, obrigado. :)

Miriam Ferreira disse...

Eu não sou das que fica na fila do pão... eu sou das do Big Bang ;)

redonda disse...

Será? Nós somos todos tão diferentes, podemos começar de outra forma, passar por sobressaltos e não ser amor inútil
precisamente porque ainda que alguma vez se responda, mais ou menos, num outro momento, é tudo, a tal razão para viver.

Bagaço Amarelo disse...

miriam ferreira, boa. :)

redonda, tens razão. somos todos tão diferentes que às vezes somos diferentes de nós mesmos. este sou eu. :)

Teresa Costa disse...

Concordo. Um amor que é mais ou menos é pior do que não amar. É mais pequeno, é mais vazio. Pelo menos para mim... e pelo que parece também para ti ;)

primaVera disse...

lindo :)

Bagaço Amarelo disse...

teresa costa com certeza. :)

primaVera, ;)

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Que bonito gesto e palavras. Adorei.

Bagaço Amarelo disse...

pipoca dos saltos altos, obrigado. :)

Estudante disse...

:) "que te Amo inutilmente"... que giro!

Bagaço Amarelo disse...

estudante, :)